segunda-feira, 9 de maio de 2011

Amor eterno



Esta poesia de amor
que enche
meu corpo e alma
me leva a escrever o amor
que encante, acalente,
enfim, que crie
momentos felizes!

Um poeta que sonha,
Sonha muito,
que perfuma corações
abertos a paixões,
escrevendo amor eterno,
quando eterno para este homem,
apenas o de sua Mãe!

José Manuel Brazão







http://www.youtube.com/watch?v=LIb1Yy3RDTw&feature=player_embedded

domingo, 1 de maio de 2011