sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Se tivesse asas


Ah! Se eu tivesse asas
Como águia voaria
A te procurar entre as vagas,
no horizonte além do mar,
Nos outeiros, nas colinas.
No raiar de um novo dia
No crepúsculo vermelho
Pela noite entraria
Buscando no céu uma estrela
Para poder te entregar

Ah! Se tivesse asas
Como um beija-flor dançaria
Pra poder te impressionar
Com meu delicado bico
Eu iria a sua boca beijar
Eu gostaria de ser
A mais bela borboleta
Com lindas asas azuis
Para seu rosto roçar
Que pena não tenho asas
Minha vida é sonhar
Você vive nos meus sonhos
Por isso não quero acordar.

Sissa



[....]

Voamos

por esses céus sem fim,

passeando o nosso amor

sem destino...

Voamos

com a alegria que vivemos

por tu seres minha

e eu ser teu!

Voamos

com estas asas

feitas de amor,

que exalarão

o que vai em nosso coração!

Tu sorris

a felicidade conquistada

e eu

guardo em mim

mais um anjo do amor!

José Manuel Brazão



Se Eu Tivesse Asas Henrique E Hernane



Sem comentários:

Enviar um comentário