segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Promessas



Eu prometo:
vou me acostumar
ao teu silêncio.
Não vou gritar.
Não vou chorar.
Vou gargalhar do eco
que ele faz dentro de mim.
Vai ser assim.
Eu prometo deletar
suas palavras
bem ou mal faladas
da tela do meu pc.
Eu prometo desfazer
aquele esquema..
e o convite pro cinema
nunca cobrar de você.

Eu prometo
vou queimar
os meus poemas,
resolver os meus dilemas
que eu vivi por você.
Eu prometo esquecer
A sua imagem
e todas as viagens
que agente planejou fazer.
Eu prometo que eu cumpro direitinho,
talvez um outro dia...

Sandra Freitas



[....]

Sonhas
com o teu viver,
que nem sempre será noite,
mas haverá um luar
que iluminará fortemente,
o teu coração ardente,
com amor,
muito amor!

Passearás
o teu charme por mim,
e me encantarás;
prometes,
cumprirás direitinho
e eu te espero,
talvez um dia...

José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário