quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Apenas me vejo a mim!


Saio por aí
sem destino
olhando, pensando
e sentindo aquilo
que não sei explicar,
mas que sinto!

A vida que escolhi
ficou por aí
e abandonei-me
para me preocupar
com os outros
que precisassem de mim!

Saio por aí
e não encontro os outros,
apenas me vejo a mim!

José Manuel Brazão

Sem comentários:

Enviar um comentário