quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Como um raio de sol


Como um raio de sol
Foste o meu eterno aquecer,
O meu e único benquerer.

Como um raio de sol
Surgiste entre as colinas,
Para me deslumbrar, me amar;
Como ato de me refugiar.

Como um raio de sol
Vieste para me proteger.
Se necessário, me socorrer.

Como um raio de sol...
Nasceste para vir ao meu encontro.
É impossível evitar tal pensamento.

Graciele Gessner



[....]

Começo o dia
admirando a tua luz!

Vibro com a tua imagem,
que me ilumina e conforta,
para viver mais um dia
do resto da minha vida!

Aproximas-te,
sinto o teu calor
percorrer meu corpo!
Uma sensação agradável,
perturbante
e naquele instante
já não sei
se és o Sol,
se o meu amor!

José Manuel Brazão

Dupla com o pensamento no presente e futuro. Continuemos neste Sol!

_ _

Sem comentários:

Enviar um comentário