segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Ausência



Nesta tarde gélida,
sinto a tua ausência!


Sento-me
junto à lareira,
recordo o passado,
com fotos.
Cada uma tem
significado,
momento,
ou evento!


Por mais voltas
que dê ao passado,
não devo continuar;
sentindo a tua ausência!


Cresce a saudade
e a minha vida anoitece!


José Manuel Brazão



_ _

Sem comentários:

Enviar um comentário