quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Corpo de mulher



Tenho um céu tatuado no corpo
estrelas e planetas desenhados
Cada ponto de luz, uma lembrança
colorida com as tintas do passado...
Em um tempo que eu voava
que eu amava
sem ter medo...
Cada uma recheada
contornada de desejo...
Todas elas perfuradas
com a ponta dos teus dedos...
E nas noites em que a lua é escura,
eu despida me observo no espelho
e me vejo uma mulher bem mais segura
satisfeita em ser marcada por segredos..
Todo céu em mim celebra uma festa,
abrigado no meu corpo paraíso
as estrelas ensaiando uma seresta
em constelaçoes mostrando seu sorriso...

sandra Freitas



[...]


Linda.
muito linda!

Teu corpo
lindo, esbelto,
deixa
por onde passas,
um rasto de sol,
um perfume,
um desejo…

Sigo-te
com o olhar
e fico a pensar:

Beleza
do teu corpo,
não nego!

E da tua alma?
Certamente que sim!


José Manuel Brazão




MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Infinito


É com as mãos estendidas ao infinito
Que ato meu corpo junto ao teu
Nesse momento me perco
Para no futuro te encontrar
No céu, as estrelas esperam
Equanto cometas vagueiam
Em busca de nosso olhar

A eternidade nos espera, amor meu
Enquanto flores abrem suas pétalas
Para nosso futuro lar enfeitar
Entendemos juntos essa harmonia
Que desfaz-se em bolhas de sabão
Juntando todos os nós e desatando-os
Um por um, restando apenas nós

E quando cai a noite nessa cidade
Tudo o que não sinto é solidão
Sinto apressado pulsar meu coração
Na espera doce do tempo em que virás
Escrevo poesias talhadas em sentimento
Enquanto vejo na lua tua imagem
E todo o resto, é pura bobagem.

Luciana Silveira



[....]

Acreditas,
acreditas em ti
e muito!

Sonhas
com o teu viver,
que nem sempre será noite,
mas haverá um luar
que iluminará fortemente,
o teu coração ardente,
Com amor,
muito amor!

E no infinito
te encantarás
por esse amor sem fim!

José Manuel Brazão



MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Momentos impossíveis

O amor
existe em cada um de nós!

A paixão
leva a que o sonho,
transforme
em realidade
o amor!

Cada coração sente-o
com mais intensidade
à descoberta da felicidade;
ou de momentos felizes!

Para nós
o que parece impossível,
não é o amor!

São os momentos,
esses momentos,
que nos amarram,
nos destroem,
até ao impossível!

Corações ardentes,
pessoas distintas,
que deixam grãos de amor,
por caminhos diferentes!

José Manuel Brazão



MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

O amor é assim!




Seguia o meu caminho,
sem destino,
mas pensando
na Luz que me guiasse!

Enquanto não apareceu
fui andando,
andando…

Parava
e olhava
e pensava
no caminho
percorrido na Vida,
nesta Vida!

Surgiu grande “pedra”
em forma de Mulher!

Fez-me parar!
Parecia
não me deixar,
nem me afastar
ou continuar!

Que desejaria ela?

Que queres “pedra”?
Porque me barras o caminho,
que desejo seguir!

Amor:
este é o encontro
do desencontro!
O Amor é assim…

Lembrou-me
o passado
que eu conhecia
e que ela viveu!

Fiquei junto dela,
recordando
o que a Vida nos dá
e que distraídos,
não compreendemos,
não agarramos,
não fortalecemos!

Mas o amor é assim…
Cega-nos
e só voltamos a ver
com a tal Luz,
quando se dá:
o encontro
do desencontro!

José Manuel Brazão

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Doce espera



Olho ao meu redor
Vejo poesia no sol, na lua
E nas lágrimas da chuva na janela
Que acompanham minha constante espera
Em minha mente, você, doce quimera

Fecho os olhos
Penso em teu abraço envolvente
Sedento ( ambos)
Num lampejo de um distante-caloroso
Coro ( rubras faces)
Imagino teus lábios nos meus
Famintos ( duplo instinto)
Nossa pressa e calma
Sinto ( arrepios na alma)

Em minha vida complexa
Tua ausência é prenúncio
Das almejadas horas vindouras
Onde só há completude
Nossa maior virtude.


Luciana Silveira


[....]

Espero,
espero sempre
que chegues,
com o teu sorriso
e com as palavras:
oi, amor!

Daí,
trocamos muitas palavras,
com afectos, carinhos,
vividos,
sentidos
e amados!

Cada dia
nosso amor
cria
uma eterna paixão,
que o tempo não pára,
e nós também não…

José Manuel Brazão



MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Anjo meu





Anjo meu

Anjo meu
Leva-me contigo em teus braços
Leva-me para os mais altos céus

Vem
Segure-me forte deixe-me contigo voar
Atravessar desertos e vales
Montanhas e mares
Quero debaixo das tuas asas habitar

Anjo meu
Ensina-me o caminho correto
Quero contigo aprender o que é certo
Quero contigo aprender a amar.

Leva-me
Para bem junto á ti
Pois sei
Que só assim poderei sorrir
Tendo teu sorriso a me guiar

Vem amor
Só nos teus braços encontro proteção
Segure firme minha mão
Mostre-me os segredos que possui teu coração.

NANDA Costa



[....]

Anda comigo
a tua imagem:
sempre!

É noite
e neste silêncio,
olhei para o céu,
descortinei a lua,
fixei-a;
noite de luar,
com estrelas brilhando,
deslumbrei-me
porque pareciam
iluminar o meu corpo.

Olhei a tua imagem,
também estava iluminada.

Fechei meus olhos
com a luz intensa.
Desfilaram na minha mente,
muitos anjos.
Um deles desceu mais
e nas imagens mentais,
vestias de anjo!

Voltei para o meu cantinho
e o meu Anjo
pertence ao Universo.

Na Terra
tu és o anjo meu!

José Manuel Brazão

Amar-te-ei para sempre!





Um amor assim,
vivido
e alimentado por mim,

de quem ama com alma!

Um amor
no tempo em silêncio,
na memória do tempo,
com lágrimas
guardadas na alma
e outras
escondidas na sombra da Lua!

No resto do meu caminho,
até final desta vivência,
amar-te-ei para sempre!

José Manuel Brazão

domingo, 26 de setembro de 2010

Não podes fugir!


Vieste ao meu encontro
e ficaste!
Passei a viver
cada dia, cada hora,
com o reencontro.
Ganhámos afinidades,
e se não há reencontro,
sentimos saudades.

Eu estou aqui
e tu aí …
Um distante tão perto,
separado pelo tempo,
unido pelo pensamento.

Na vida,
cada um no seu caminho,
na ânsia,
dos caminhos se cruzarem.

Na vida,
cada um sonha com a felicidade,
vive com a saudade,
dum novo reencontro.
Ainda não quero partir;
não podes,
não podes fugir …

José Manuel Brazão



MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Este é o meu caminho!


Sou quem sou
neste percurso da Vida;
muitos me acompanham,
me amam
e ajudam
por ser quem sou!

Não hesito
e ganho em cada dia
mais forças para o meu viver!

Minha Luz apareceu
e tanto precisava dela,
mas chegou por divina
no momento certo!

Instantes da Vida
que surgem em momentos
da minha esperança
na espera de dias melhores,
dum Sol nascente,
que de mim jamais sairá!

José Manuel Brazão



MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Saudades do amanhã!






Passa o tempo
e vivo com saudades,
do que vivi,
do que amei,
de quem conheci
e de quem tolerei!

passa o tempo
e vivo no encanto
de quem me ama,
da vida
que ainda não vivi,
com saudades do amanhã…!

José Manuel Brazão

Este amor é louco!




Amo-te
e desejo-te
como nunca amei
ou desejei alguém!

Sei que me amas,
e me desejas!

Este amor é louco,
porque sofremos
com paixão e amor,
que vivemos
em pensamentos,
e sentimentos,
ficando nesta loucura,
à procura
do amor sonhado
que só nós entendemos!

José Manuel Brazão

sábado, 25 de setembro de 2010

A vida é mesmo assim...




Viver

Existem momentos
de hesitações,
interrogações,
muitas interrogações!

Nem sempre
tenho resposta
ou solução!

Nem sempre
a voz do coração
me escuta
ou entende!

Aguardo
pelo amanhã,
com a esperança
que nem todos os dias
são iguais!

O ontem já esqueci,
o hoje estou a viver,
o amanhã está para nascer!



O Amor e o Destino

Ele e eu
sabemos quanto a amei!

Vivi
por ela e por eles,
mas a Vida
assim não quis!

Pensei em Amor,
mas não soube dar
ou não souberam receber!

Porquê?

Passo os dias
e as noites
nesta labuta com a minha mente!


Entrego-me
sem pedir nada,
apenas momentos,
que me confortem,
me sosseguem!

Uma vida percorrida,
com sofrimento,
com poucas alegrias,
com isolamento
e apenas
o Sol para me iluminar!



A minha vida anoitece

Sinto a nudez da noite,
que esfria a minha alma!

Sinto a noite perdida
entre sonhos
e imagens reais!

Sinto a noite esquecida
de outras noites belas,
de encanto, paixão,
amor,
muito amor!

Sinto a noite pervertida
causando dor
que mal aguento,
me entristece,
perdendo a alegria
que me fazia viver!

Sinto a noite
mais noite,
a minha vida anoitece…
… e não sei se amanhece!



Renascer

Nasci
para um caminho.

Cresci
a percorrê-lo
parando
aqui e acolá,
pensando
na linha da vida!

Vivi
entre hesitações,
sensações
e tentações!

Vivo
numa curva do caminho,
procurando meu destino,
sempre
com o olhar
em quem passa,
nos que vou conhecendo:
que me acarinham,
me sorriem
e nos que me amam!

Renascerei
para ser melhor,
do que fui ontem…



Amor da minha vida
Amo-te
como nunca amei!

O tempo passa
e no meu silêncio
amo a tua voz,
o teu pensamento,
o teu querer,
a tua paixão!

Vivemos
este amor ardente,
com admiração
um pelo outro,
com o desejo
de que o tempo pare
para nós saborearmos
este amor doce,
generoso
e carinhoso;
este amor único!

Seguiremos
nossos caminhos,
sempre unidos,
queridos,
como amantes
de uma só vida,
que nos uniu,
sorriu
e nos levará
até sempre,
ao pensamento
do meu e teu poema,
poema da minha vida,
da nossa vida!

José Manuel Brazão

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Tu me entendes...



Pensas em mim
e sentes
que me entendes!

Teu olhar,
carinho, ternura,
guardo no meu coração!

Dia em que não falemos,
não é dia!

Na nossa vida,
existe apenas Luz,
muita Luz!

Quando não dormes,
eu acordo.
Quando estás triste,
sinto tristeza!
Quando estás alegre,
sinto muita alegria!

Dou-te tudo o que desejas;
viveres em paz,
receberes compreensão,
carinho, afecto
e não te sentires só,
no teu mundo de sonhos
de te dares aos outros!

E afinal, quando antes
parecíamos viver alheios,
hoje vivemos momentos felizes
e temos tudo a ver um com o outro,
porque me entendes
e em nós existe um amor puro,
como a água que corre na nascente!

José Manuel Brazão

* À Mulher que olhando o Sol viu em mim a Luz que precisava e esqueceu a escuridão e por tudo isso tu me entendes! *



MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Aquele beijo...

Minha boca é o ninho
Onde sua boca-ave
Pousa sem pressa
Sedenta em carinhos
Me morde
Me aperta
Se aconchega em mimos.
Nosso abraço
de lábios não finda,
não cessa,
pequenos intervalos
Só pra respiramos
E nos encontramos
Aninhados outra vez...

Sandra Freitas



[...]

Todos os os dias
penso em ti,
como se estivesses aqui!

Anseio
por este amor
um amor em palavras,
como se fossem
cartas de amor!

Um dia
neste convívio lindo,
beijámo-nos,
muito…
…sentimos prazer,
olhámos fixamente
e sem palavras
mas com um olhar
de mil palavras!

Aquele beijo
será sempre
aquele beijo…

José Manuel Brazão






MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Pensar que sou!


Acordei
como um homem só!
Dou passos na casa;
vou até à janela:
admiro o Tejo!
Dou mais passos,
não encontro ideias!
Apenas a palavra “ só “.
Sento-me
e pego em poemas,
nos teus poemas!
Aconchego-os ao meu peito,
com amor;
o amor com que os leio...
Em cada um
sinto-me personagem!
Sonhos, ambições...
Por instantes
quis pensar que sou...
a personagem ...!
Apenas acordei
como um homem só!

José Manuel Brazão


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Te amei!




Parti ao encontro
de um anoitecer
que alivie minha alma,
depois de um amanhecer,
que aparecia
com um sol radioso,
mas enublou minha vida!

Nesse amanhecer,
vivi esperança,
paixão e amor.

Quando ia o Sol,
vinha o poente
e no silêncio da noite,
meu coração ficava doente!

Esse amor adormeceu,
tornou-se sono profundo,
para não acordar!

Mas acordei
e vi uma Luz,
que não era o Sol
do amanhecer,
mas um sinal
para não ir por aí…

Confiei,
errei
reflecti:
o amor é belo,
mas vivido
com bom senso,
compreensão
e entrega!

Recordei:
um amor por viver,
palavras belas
sem convicção,
promessas sem fim
em encontros
e desencontros,
nesta caprichosa vida!

Com um amor assim,
sempre em frenesim,
disse não
e parti...
... eu te amei!

José Manuel Brazão

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A porta não se fechará!


Hei-de fechar a porta
aberta por tantos anos
que me conduz a memórias
e história de prazer indelével...
Hei trancá-la , ainda que me custe
dores e lágrimas e dissabores
pela impossibilidade de trilhar os caminhos
que ela me aponta..
Hei de dizer adeus a tantas noites tórridas
de amores e calores, viagens em cometas,
partos de estrelas,
acalentados pra depois de amanhã..
Hei de fechá-la e estancar os soluços
que escorrem riachos do meu coração fragmentado..
hei de trancá-la ...

...Mas você engoliu as chaves
...que dissolveram-se no seu sangue.

Sandra Freitas


[....]

Somos
eternos amigos,
companheiros
e amantes!

Sinto-te
a qualquer hora,
em todos os instantes,
neste lindo amor,
como nunca tive!

Amor com desejo,
e prazer…
Sentes
a confiança que precisas,
o conforto do meu olhar,
das minhas palavras!

Muito nos separa,
muito nos une,
mas
tu és minha
e a porta não se fechará!

José Manuel Brazão



MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Sinto a tua voz!





Sinto a tua voz
das palavras escritas,
com a nostalgia
da nossa saudade!

Cada dia
parece interminável,
ansiando por te ver,
por te sentir,
por te beijar!

Cada vez
o nosso amor
é mais forte
e mais sólido,
dando-nos
um amanhã
com momentos
de paz
e de harmonia!

José Manuel Brazão

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Brilharam as estrelas!





Pela noite
passaram pela memória,
memória do tempo,
familiares,
amigos, poetas,
gente anónima,
num desfile
de carinhos,
generosidade
e solidariedade!

Pela madrugada
vi o Céu
e as estrelas
brilharam para mim,
anunciando:
o Poeta está vivo,
o Homem renasce
para ser melhor
do que foi ontem…

José Manuel Brazão

Oi amor... que saudade!

http://www.youtube.com/watch?v=iTFoMbaJ69Q


Sonhos com cheiro de saudade
Saudade do vento que trazia você
Da poesia suando amor
Dos beijos deixados nos murais
Saudade de tudo que lembre você
Saudade mesmo é de você
amor.

ISA


[...]

O teu olhar
levou-me à paixão.
depois ao amor!

É um amor sem limites,
sem hesitação,
bebendo as tuas palavras,
a tua dedicação,
o teu amor em silêncio,
por vezes escondido,
outras vezes assumido!

Ninguém roubará
este amor que corre,
que se alimenta em nós!

Já não chega
a saudade do teu olhar...

José Manuel Brazão

Menino sem idade


Cada dia que passa
sinto a tua presença
cada vez mais
junto de mim,
através da tua alma,
onde recolhes
o menino sem idade,
que enfrenta este Mundo,
como um aprendiz
com a ânsia de descobrir
os mistérios da Vida!

Por isso me chamas
o menino sem idade,
porque percorri
a estrada da Vida
e pouco ou nada sei!

Aprendendo
aqui e ali,
com crianças,
jovens,
novos e velhos,
crentes na vida
com horizontes vastos,
com a tua sabedoria divina (LI)
que me façam reflectir,
corrigir
ou até renovar aquilo
que pensava estar bem
neste menino sem idade!

José Manuel Brazão

Poema baseado "no menino sem idade", que um dia a minha querida Amiga LI (Alice Barros) lembrou-se de me chamar com fundamento.




MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com